Arbitragem de Bitcoin – O Que É e Como Fazer? Vale a Pena?

Quando você pensa em formas de ganhar dinheiro com Bitcoin, a mais simples será certamente comprando e vendendo a criptomoeda:

  • Comprando a um preço baixo;
  • Vendendo depois a um preço mais alto.

Normalmente você até faz isso dentro da mesma plataforma e, de acordo com a sua estratégia, pode esperar dias, meses ou anos para conseguir essa valorização.

Mas e se lhe dissermos que o Bitcoin pode ter preços diferentes entre as várias plataformas onde é negociado?

Isso significaria que, no exato segundo em que compra, já seria possível vender em outra plataforma e conseguir lucrar com isso.

Essa técnica tem um nome: chama-se arbitragem.

Mas será que vale o esforço? Você conseguirá ganhar dinheiro fazendo arbitragem de Bitcoin? É precisamente isso que explicamos neste artigo.

1. O Que É Arbitragem de Bitcoin?

Provavelmente já lhe perguntaram:

Quanto custa um Bitcoin?

Na verdade não há uma resposta fixa. Desde que começou a ler este artigo se passaram poucos minutos (talvez segundos) e o Bitcoin já mudou várias vezes de preço.

Isso acontece porque:

Tal como o ouro ou as ações, o preço do Bitcoin também varia de acordo com a lei da oferta e da procura.

Isso faz com que:

  • O preço do Bitcoin seja diferente em cada plataforma onde é negociado;
  • O preço do Bitcoin seja, naturalmente, também diferente entre países.

Pois bem, é graças a isso que você pode ganhar dinheiro com a arbitragem de Bitcoin.

Na prática, o que você precisa de fazer é:

  • Comprar na bolsa com o preço mais barato;
  • Vender na bolsa com o preço mais caro.

Mais fácil falar do que fazer, certo? É claro que isso vai dar trabalho.

A arbitragem obriga a uma grande investigação e estudo dos preços do Bitcoin nas diversas plataformas. Só assim é possível otimizar essa estratégia e lucrar com ela.

2. Como Fazer Arbitragem de Bitcoin?

Para fazer arbitragem de Bitcoin você vai precisar estar registrado em pelo menos duas bolsas de criptomoedas.

Uma bolsa (exchange) é uma plataforma que lhe permite comprar, vender e enviar criptomoedas para outras bolsas ou carteiras.

Em quanto mais bolsas você estiver registrado, maior a probabilidade de poder se beneficiar das diferenças de preço, pois terá mais opções na hora de comprar e vender criptomoedas.

Arbitragem de bitcoin
O segredo da arbitragem de Bitcoin está na escolha das bolsas.

Mas vamos a um exemplo.

No momento em que escrevemos este artigo, 1 Bitcoin custa:

Ou seja:

Excluindo as taxas aplicadas pelas bolsas, se você comprasse 1 Bitcoin na Binance e conseguisse vender de imediato no Mercado Bitcoin, você teria um lucro de R$ 389 (a diferença entre o preço mais baixo e o preço mais alto).

Mas é claro: infelizmente as taxas são uma realidade e, além disso, você não tem a habilidade de comprar e de vender exatamente no mesmo segundo, portanto existirá sempre um desfasamento nos valores.

É o estudo dessa relação de preços e variáveis que move a arbitragem de Bitcoin.

Resumindo…

Após o registro nas bolsas, estes são os passos que você deve considerar na hora de fazer arbitragem:

1 – Escolher a bolsa com o preço do Bitcoin mais baixo, analisando as taxas dessa bolsa (taxa de depósito, taxas de negociação e taxa de envio para outra bolsa);
2 – Escolher a bolsa com o preço do Bitcoin mais alto, analisando taxas dessa bolsa (taxa de depósito, taxas de negociação e taxa de retirada);
3 – Comprar a criptomoeda na bolsa que vende mais barato;
4 – Enviar o Bitcoin para a Bolsa com o preço mais alto;
5 – Vender o Bitcoin:
6 – Fazer a retirada para a sua conta.

3. Bolsas Para Fazer Arbitragem

Existem centenas de bolsas em todo o mundo que pode usar para fazer arbitragem.

Em quanto mais bolsas estiver registrado, mais opções terá na altura de comprar e de vender. E, consequentemente, maiores serão as hipóteses de conseguir lucrar com essa técnica.

É claro que isso significa que terá de passar pelo processo de registro em várias plataformas.

Ou seja:

Terá de se registrar, submeter documentos e aguardar a sua aprovação, antes de começar a negociar. O processo poderá ser demorado. No entanto, isso poderá trazer benefícios na altura de conseguir os melhores negócios.

3.1 Bolsas brasileiras

Se você está no Brasil e se está planejando fazer arbitragem de Bitcoin, então negociar em bolsas brasileiras tem uma principal vantagem:

Uma vez que sempre estará operando em Reais, não é necessária conversão de BRL para outra moeda. Por isso, é menos uma taxa para pagar.

Aqui no Brasil já existem muitas bolsas especializadas na compra e na venda de Bitcoin.

Duas opções analisadas pelo Criptofy são:

No entanto, existem também outras bolsas brasileiras, que poderá utilizar para tentar lucrar com a arbitragem, como a BitcoinTrade, por exemplo.

3.2 Bolsas internacionais

Caso decida inscrever-se também em bolsas internacionais, então terá um leque mais vasto de opções. Pode até comprar em uma bolsa internacional e vender em uma brasileira, como vimos antes, ou vice-versa.

É comum existirem diferenças maiores de preço se fizermos uma comparação entre bolsas de países diferentes.

Isso acontece porque:

Quando você vê o preço do Bitcoin em um site como o CoinMarketCap, o que você está vendo na realidade é uma estimativa com base nos preços que a criptomoeda tem nas diversas bolsas onde é negociada.

Algumas das plataformas mais conhecidas a nível internacional para negociar Bitcoin são:

Considere apenas que a Coinbase ainda não permite aos usuários brasileiros comprarem e venderem. No entanto você pode enviar para lá o Bitcoin comprado em outra bolsa de forma a negociar outras criptomoedas nessa plataforma.

3.3 Qual a melhor bolsa para arbitragem?

Não há propriamente uma resposta fixa para essa pergunta, sendo que a melhor bolsa será sempre aquela que, em um dado momento, tiver:

  • O preço mais baixo de Bitcoin;
  • As taxas mais baixas.

Enquanto as taxas são mais fáceis de prever, uma vez que que algumas delas estão tabeladas (as taxas de utilização da rede, por exemplo, podem variar), já o preço do Bitcoin vai estar sempre mudando.

Felizmente já existem algumas ferramentas que podem ajudá-lo a encontrar boas oportunidade de arbitragem.

É o caso do portal Coin Trade Monitor, que lhe permite selecionar entre as bolsas disponíveis quais aquelas em que você quer negociar e ainda definir o montante que pode investir.

A partir daí ele vai lhe dizer em que bolsa deve comprar e vender para conseguir um determinado lucro.

4. Arbitragem de Bitcoin Vale a Pena?

A questão agora é: vale ou não a pena fazer arbitragem de Bitcoin?

Para dar uma resposta mais completa, olhamos para as vantagens e desvantagens dessa técnica.

Vantagens
  • Alternativa Para Lucrar
  • Quanto Mais Fizer, Mais Lucra
Desvantagens
  • Ganhos São Cada Vez Menores
  • Técnica Insustentável
  • Envolve Risco
  • Requer Demasiado Tempo
  • Taxas Podem Tirar Lucros

4.1 Vantagens

A principal vantagem é que essa é uma técnica alternativa de lucrar com Bitcoin ou com qualquer outra criptomoeda sem depender da sua valorização.

Ou seja:

Você não precisa que o Bitcoin valorize. Só precisa que ele seja vendido a preços muito diferentes em duas bolsas. Aí você tenta lucrar, comprando na mais barata e vendendo na mais cara.

Outra vantagem é que pode fazer isso quantas vezes quiser, sendo que quantas mais vezes for bem sucedido, mais dinheiro conseguirá juntar. E quanto mais dinheiro movimentar, maior será o benefício potencial.

4.2 Desvantagens

Por outro lado, como já percebeu, essa técnica tem mais desvantagens do que vantagens.

Em primeiro lugar porque, embora no passado existissem maiores diferenças entre os preços das bolsas e, consequentemente, melhores oportunidades de ganhos, a tendência é que isso deixe de acontecer.

Repare, por exemplo, nos preços nestas bolsas internacionais:

Bolsas Arbitragem Bitcoin
Preço de compra de BTC em USDT, (criptomoeda indexada ao Dólar).

Os preços são muito semelhantes. Isso acontece porque, como há cada vez mais pessoas fazendo arbitragem, elas acabam por influenciar o preço nas diversas bolsas, fazendo com que os preços se aproximem.

O resultado?

Os lucros potenciais são cada vez mais baixos, sendo que a tendência é para que continuem descendo. Isso faz com que seja uma técnica insustentável a médio prazo.

Por outro lado, a arbitragem também não está isenta de risco.

Imagine que compra Bitcoin em uma bolsa, e o preço rapidamente desce em todas as bolsas. Você fica “agarrado” ao seu investimento, pois não vai conseguir vender com lucro em nenhuma plataforma.

Além disso, se o lucro potencial da operação for baixo, você terá que ter muito cuidado com as taxas, pois podem facilmente contribuir para que você perca dinheiro com a operação.

Por isso mesmo essa é uma técnica que requer muito tempo:

  • Para escolher as bolsas;
  • Para calcular as taxas;
  • Para se registrar nas diversas bolsas;
  • Para executar as operações.

Por esses motivos, se você está considerando fazer arbitragem, esteja consciente de todas as vantagens e desvantagens.

5 Robô de Arbitragem: Deve Usar?

Como vimos no ponto anterior, a tendência é que o preço do Bitcoin seja cada vez mais próximo entre as várias bolsas. Um motivo para isso é precisamente a utilização de robôs de arbitragem.

Um robô de arbitragem pode ser uma ótima ajuda, mas não espere que ele faça tudo sozinho.

A maioria das grandes bolsas disponibiliza atualmente APIs (Application Programming Interfaces), que podem facilmente ser utilizadas para a criação de robôs de arbitragem.

Isso agiliza muito o processo, já que permite:

  • Automatizar grande parte dos cálculos;
  • Efetuar ordens de compra e venda muito mais rapidamente.

Isso faz com que você não tenha de passar tanto tempo no computador, uma vez que a arbitragem requer a realização de tarefas muito repetitivas, representando grandes ganhos de eficiência.

6. Conclusão

Respondendo à pergunta que motiva este artigo, parece claro que a arbitragem vai valer cada vez menos a pena.

À medida que os preços entre bolsas se tornarão progressivamente mais parecidos, você terá cada vez mais dificuldades em rentabilizar o seu dinheiro através da arbitragem.

Não há dúvidas de que essa já foi uma técnica capaz de dar proveitos a muitos investidores e é claro que ainda é possível encontrar oportunidades de ganhos, principalmente se tiver grandes volumes de Bitcoin para movimentar.

No entanto, se está iniciando no mercado das criptomoedas, e considerando todo o tempo que vai ter de gastar nessa técnica, acreditamos que será mais vantajoso aprender a investir em criptomoedas.

Comece Grátis Já!


Se está começando ou se pretende treinar novas abordagens de trading em um ambiente de teste, pode optar por abrir uma conta de demonstração em uma plataforma como a IQ Option. Além de ser grátis, não tem qualquer risco e é uma boa forma de experimentar a plataforma antes de investir dinheiro real. Se mais tarde quiser investir dinheiro real, pode começar com apenas US$ 10.

Autor
Marcela Lima
Marcela Lima

Marcela conheceu o Bitcoin em 2012 e ficou fascinada com a tecnologia. Desde então tem estudado o potencial das criptomoedas e a forma como podem mudar a sociedade. Hoje divide o seu tempo entre a escrita e a gestão do seu portfólio, composto majoritariamente por criptomoedas e por ações.

Dúvidas Frequentes

📌 Arbitragem de Bitcoin é legal?

Sim, completamente. É uma técnica normal de compra e venda de criptomoedas em bolsas diferentes. Nem sequer é vista como uma técnica de manipulação de mercado, embora contribua para que o preço do Bitcoin seja progressivamente mais semelhante entre bolsas.

📌O que é arbitragem de Bitcoin?

De uma forma muito simples, consiste em comprar Bitcoin em uma bolsa que venda barato e lucrar vendendo em outra que tenha um preço mais alto. No entanto, tem de ter em consideração as taxas e os tempos que as operações demoram, o que pode conter risco.

📌O que preciso para fazer arbitragem?

Você vai precisar estar registrado em pelo menos duas bolsas para que possa fazer essa técnica. Tenha em mente apenas que a validação da sua conta nas bolsas pode demorar algum tempo e, por isso, termine esse processo antes de iniciar a arbitragem.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *