Ações Amazon – Como Investir na Amazon em 2020? Vale a Pena?

  • Nome: Amazon (NASDAQ: AMZN)
  • Sede: Seattle, Estados Unidos
  • Fundação: 1994
  • CEO: Jeff Bezos
  • Setor: Consumer Cyclical (Produtos cuja quantidade de vendas varia muito de acordo com o ciclo econômica)
  • Indústria: Varejo Online
  • Capitalização: 1,367T
  • Site Para Investidores: Amazon Investor Relations

A Amazon é uma das principais empresas tecnológicas da atualidade.

Prova da sua relevância (e do setor tecnológico em geral) é que a Amazon faz parte do Top 3 de empresas com maior capitalização, composto por:

  • Microsoft
  • Apple
  • Amazon

O mais incrível é que a Amazon foi fundada apenas em 1994, enquanto a Microsoft (1975) e a Apple (1976) têm quase mais 20 anos do que a empresa liderada por Jeff Bezos.

Isso só valoriza ainda mais o crescimento astronômico dessa empresa que tem ainda uma grande margem pela frente para progredir, principalmente no contexto atual.

A pandemia da Covid-19 forçou muitos consumidores a comprarem online, o que é, naturalmente, uma boa notícia para empresas como a Amazon.

Prova disso é que até o Morgan Stanley já reviu em alta a sua previsão de preço para as ações da empresa, subindo de US$ 2.600 para US$ 2.800.

Neste artigo você poderá entender por que ainda vale a pena investir na Amazon e quais os motivos para a valorização da empresa.

1. O Que É Amazon?

A Amazon é uma empresa do setor tecnológico, especialmente focada no e-commerce, ou comércio eletrônico, que vende praticamente tudo através do seu website Amazon.com.

Mas nem sempre foi assim…

Quando iniciou a sua atividade, em 1994, a Amazon apenas vendia livros a partir da internet. No entanto o seu objetivo já era claro: aproveitar a popularidade das das vendas online, que naquele ano tinham crescido mais de 2.300%.

Curiosidade 💡
Generic

O primeiro nome da Amazon foi Cadabra. Antes de assumir o nome pelo qual é hoje conhecida, a empresa ainda se chamaria Relentless. É por isso que o domínio Relentless.com redirecciona o usuário para a Amazon.

No final dos anos 90, ao mesmo tempo que a Amazon crescia, dezenas de outras empresas Dotcom somavam valorizações igualmente surpreendentes, devido à especulação tem torno do potencial tecnológico da internet.

Mas enquanto muitas estavam destinadas a falhar, a Amazon venceu. Por quê?

Mais do que planos no papel, a Amazon tinha um projeto de consolidação acelerado e uma receita para o sucesso que ainda hoje faz a diferença. Foco em:

  • Experiência do usuário
  • Facilidade de uso
  • Preços baixos
  • Acesso à informação

Atualmente a Amazon vende mais de 100 milhões de produtos únicos e é responsável por quase 40% de todas as vendas online nos Estados Unidos e de 10% a nível mundial, de acordo com o Statista.

Taobao e Tmall, ambos da chinesa Alibaba, lideram a lista. AliExpress, do mesmo grupo, não reporta dados de GMV (Volume Bruto de Mercadoria).

Em 2019 a empresa liderada por Jeff Bezos apresentou um lucro impressionante de US$ 87,4 bilhões e em 2020 caminha para voltar a distribuir dividendos pelos seus investidores.

1.1 Cultura de inovação

A Amazon é amplamente conhecida por sua ligação ao setor do varejo, área onde tem rompido com os padrões.

Afinal, falamos de uma empresa que inovou ao cortar drasticamente custos e tempos de entrega para os usuários.

Primeiro através do seu serviço Amazon Prime. Mais tarde através do Prime Air, que fez com que as entregas fossem feitas pelo ar.

Ações Amazon - Drone Amazon Prime Air
Mais recente modelo do drone para entregas da Amazon.

Isso mesmo. Entregas feitas por drones. No entanto, saiba que seu uso no Brasil ainda deve demorar, já que é esperada uma adoção progressiva até 2025.

A inovação está no DNA da empresa, que também já chegou ao varejo tradicional através das lojas Amazon Go, que permitem ao usuário fazer compras sem nunca interagir com os empregados.

Nem mesmo para pagar!

Os pagamentos são feitos automaticamente ao sair da loja, já que o rastreamento dos produtos é feito em tempo real.

Mas a Amazon não é apenas varejo. Longe disso!

Desde o Prime Video, o serviço de streaming da empresa para concorrer com as gigantes Netflix e HBO, às dezenas de empresas subsidiárias detidas pela Amazon, essa companhia está nas mais diversas áreas.

1.2 Muito mais que uma loja

A Amazon Web Services (AWS) é na verdade uma das grandes responsáveis pelo sucesso recente da Amazon.

Por exemplo, no quarto trimestre de 2019, a empresa de cloud computing, ou em português computação em nuvem, foi responsável por 11% do total dos lucros da empresa-mãe.

Lançada em 2006, a AWS presta serviços tecnológicos que vão desde o aluguel de servidores à gestão de redes blockchain, sendo líder no seu segmento, à frente dos gigantes Microsoft Azure e Google Cloud.

A Amazon está “em guerra” com gigantes de praticamente todos os setores, tal é a sua força e presença abrangente em áreas de crescimento acelerado, tal como mostra o infográfico abaixo.

Ações Amazon - Empresas Amazon
A verde as empresas detidas pela Amazon. A vermelho as suas concorrentes.

Desde o streaming de videogames, através da Twitch, que custou à Amazon quase US$1 Bilhão em 2014, a serviços de entretenimento como o IMDB e o Audible, a abrangência da Amazon é simplesmente notável.

2. Onde Comprar Ações Amazon?

A Amazon decidiu entrar para o mercado de capitais em 1997, ano em que lançou o seu Initial Public Offering (IPO) na NASDAQ, bolsa das grandes empresas tecnológicas norte-americanas.

Passados mais de 20 anos, o mundo dos investimentos evoluiu a um ritmo impressionante. À imagem das empresas Dotcom, esse setor também se beneficiou das vantagens proporcionadas pela internet.

Por esse motivo, hoje é muito mais fácil para um investidor gerir o seu próprio portfólio, comprando e vendendo ações facilmente e em qualquer lugar a partir de plataformas de trading online, como as que lhe apresentamos em seguida.

eToro

A eToro é uma das melhores escolhas, pois tem uma interface bastante amiga do usuário. Além disso, essa corretora tem uma política de 0% comissões quando você compra ações.

A eToro também tem uma forte componente de social trading.

Ou seja:

Se você quiser investir, mas não tiver todo o tempo que gostaria, pode copiar outras pessoas.

Ações - eToro Copiar Pessoas
eToro permite que você copie outras pessoas.

E a melhor parte é que as pessoas que decide copiar são totalmente escolhidas por você de acordo com o perfil que mais lhe agrada. Dessa forma você tem um maior controle sobre os seus investimentos.

Se for bom o suficiente pode também escolher ser copiado. Com isso ganha uma pequena parte dos lucros da pessoa que o está copiando, sendo uma boa forma de ganhar uma renda extra.

Ao registrar-se nessa corretora, você tem ainda acesso a uma conta de demonstração grátis, que lhe permite começar a negociar em um ambiente de teste sem risco antes de investir dinheiro real.

Quando quiser começar a investir dinheiro real, terá de fazer um primeiro depósito de US$200, que ficará automaticamente disponível para investir nas ações que quiser.

Embora esse valor possa ser um pouco alto para alguns investidores, caso esteja disponível para fazer esse investimento inicial essa é a plataforma recomendada pelo Criptofy.

IQ Option

A IQ Option é outra forte opção para quem procura investir em ações.

Tal como a eToro, permite um registro rápido e que lhe dá acesso a uma conta de demonstração com dinheiro fictício para começar a treinar.

Essa plataforma é reconhecida por tornar mais acessível a entrada de novos investidores em corretoras, já que tem um depósito mínimo de apenas US$10, um dos mais baixos do mercado.

XTB

Uma opção ligeiramente diferente é a XTB, que lhe apresenta um ambiente mais profissional.

Embora ainda esteja crescendo na América Latina, essa corretora é uma das mais populares na Europa e tem uma experiência de mais de 15 anos no mercado bolsista.

XTB Online Trading

A XTB também disponibiliza um vasto leque de opções de investimento e, se está começando, fique sabendo que tem uma extensa academia de trading, com várias lições grátis sobre mercados financeiros.

Para conhecer outras formas e dicas para investir na Bolsa, pode consultar o nosso guia completo sobre esse tema.

3. Valor da Amazon

Quando abriu o seu capital em Bolsa, o primeiro preço das ações da Amazon foi de US$18.

Com o tempo a Amazon alcançou um valorização fenomenal e é hoje uma das poucas empresas no restrito clube dos “trilhões de Dólares”.

3.1 Análise histórica

Depois da sua entrada no mercado, as ações da Amazon valorizaram rapidamente e no final do ano 1999 já valiam mais de US$80.

Foi então que a bolha estourou.

Como vimos, no final dos anos 90 muitas empresas estavam com valorizações irrealistas, devido à especulação em torno dos negócios da internet, uma tecnologia que era ainda uma incógnita.

Quando os investidores começaram a se questionar se as empresas em que investiram valiam mesmo bilhões de Dólares, muitos negócios começaram a cair.

A Amazon sofreu por tabela e as suas ações recuaram para os US$5 no final de 2002. A rápida desvalorização quase colocou um fim à empresa, que esteve à beira da falência, mas que conseguiu sair por cima.

Ações Amazon - Bolha Dotcom
Bolha Dotcom no início do ano 2000 também afetou a Amazon.

A partir daí, porém, a empresa entraria em ma rota de crescimento prolongado que viria a tornar totalmente irrelevante o impacto da bolha Dotcom.

Muitos olham atualmente para o Bitcoin com receio que se trate também de uma bolha, fazendo o paralelo entre a bolha Dotcom e o ano de 2017, quando o mercado das criptomoedas atingiu o valor mais alto e, a seguir, acabou por cair.

Apesar de tudo, o Bitcoin tem se recuperado, semelhante ao que aconteceu com a Amazon.

3.2 Análise recente

Em 2020 o crescimento da Amazon foi interrompido por escassos dias, com a incerteza em torno da Covid-19. As ações da Amazon recuaram, semelhante ao que aconteceu com o S&P500 e, na realidade, todas as bolsas mundiais.

Quando os investidores entenderam que a Amazon poderia ganhar com os efeitos imediatos do novo coronavírus, as ações voltaram a disparar.

Cada ação da Amazon tinha, em meados de 2020, uma valorização na ordem dos US$2.700, depois de a empresa disparar mais de 50% desde 12 de março, dia em que atingiu o valor mais baixo da crise do novo coronavírus.

O que aconteceu é, na realidade, fácil de entender, bastando olhar para o impacto das vendas no setor do varejo.

Amazon - Setor do Retalho

Tal como o gráfico demonstra, durante o pico da pandemia, em março, as vendas em todos os setores do varejo tradicional sofreram quebras elevadas, já que muitas lojas foram obrigadas a fechar.

Em oposição, as vendas no varejo online cresceram devido ao aumento da procura por esse tipo de solução. A Amazon pegou carona nisso: aumentou as suas receitas e viu as suas ações valorizarem.

3.3 Amazon vai valorizar?

A tendência para a Amazon é bastante positiva, e os analistas estão prevendo que a empresa ainda vai continuar a valorizar nos próximos meses, na sequência do seu desempenho recente.

O trajeto da Amazon é absolutamente surpreendente.

Veja só:

Se você tivesse investido US$1.000 após o IPO da empresa, quando valia apenas US$18, você estaria hoje com um lucro superior a US$ 133.000!

Dito isso, você pode se questionar:

Ainda vale a pena investir na Amazon?

Bem, dificilmente você conseguirá os retornos que a empresa já deu no passado. É importante ter isso em mente, para não gerar expectativas utópicas.

No entanto, não existindo investimentos 100% seguros, a Amazon tem um forte histórico do seu lado.

Com um portfólio de investimentos alargado e presente em tecnologias bastante disruptivas, é muito provável que a Amazon continue sendo uma das empresas mais relevantes do setor. Isso terá, naturalmente, um reflexo no valor das suas ações.

4. Perfil do CEO: Jeff Bezzos

Nascido em 12 de janeiro de 1964 em Albuquerque, Novo México, nos Estados Unidos, Jeff Bezos graduou-se em Engenharia Elétrica e Informática, curso que completou depois de trabalhar em part-time no McDonalds para conseguir uma renda extra.

Jeff Bezos trabalhou durante vários anos em Wall Street e chegou a Vice-Presidente da D. E. Shaw, empresa de gestão de fundos de investimento, descrita pela Forbes como “a força mais intrigante e misteriosa de Wall Street”.

Jeff Bezos
Jeff Bezos, Presidente e Fundador da Amazon.

Apesar de ter subido muito, chegando à Vice-Presidência da empresa em apenas 4 anos, Jeff Bezos queria começar o seu próprio negócio e foi assim que a Amazon deu os primeiros passos.

Este vídeo mostra bem como o fundador da empresa tinha uma visão clara para a Amazon desde o seu começo:

Jeff Bezos é atualmente o homem mais rico do mundo, à frente de nomes como Bill Gates ou Warren Buffet, com uma fortuna estimada na ordem dos 113 bilhões de Dólares!

No início de 2020 juntou mais US$3,5 Bilhões à sua fortuna pessoal depois de vender uma pequena parte (o equivalente a 3%) das ações representativas da sua posição na empresa.

5. Informação Para Investidores

Ter boas fontes de informação é essencial quando se investe em ações.

Afinal, os movimentos de preço muitas vezes são definidos de acordo com os mais recentes números divulgados pelas empresas ou as suas notícias nos meios de comunicação social.

No caso das empresas cotadas em bolsa, é habitual existir um portal de Investor Relations, onde poderá encontrar informação oficial da empresa com as suas mais recentes comunicações.

É o caso, por exemplo, dos Relatórios e Contas, que, no caso da Amazon, podem ser encontrados aqui. Neles poderá entender informações fundamentais que ajudam a perceber se a empresa vai valorizar e por que:

  • Motivos que justificaram os resultados da empresa
  • Planos para o futuro
  • Aquisições feitas pela empresa
  • Resultados das suas subsidiárias

Mas existe muito mais informação. No portal de Investor Relations tem acesso também a comunicados de imprensa, políticas da empresa e comunicações aos reguladores, por exemplo.

Útil


Se é investidor ou planeja ser, outra boa dica é acompanhar as cotações da empresa. O TradingView é um utilitário indispensável onde pode acompanhar a evolução ao longo do tempo e ainda acessar várias ferramentas de análise técnica.

Você também vai querer se manter informado a respeito da informação que é divulgada nos meios de comunicação social. Como a Amazon é uma grande empresa dos Estados Unidos, dê preferência a grandes meios de referência focados em informação financeira, tais como:

6. Conclusão

A Amazon é uma das maiores empresas em nível mundial, um autêntico colosso tecnológico e não apenas do varejo.

Por isso é natural que seja uma escolha óbvia para quem pensa entrar no mercado das ações. E faz sentido que assim seja. A empresa tem um portfólio de investimentos amplamente diversificado, que a ajuda a enfrentar o futuro com otimismo.

Mesmo que o mundo em que vivemos mude muito de um dia para o outro, é provável que as suas soluções tecnológicas de ponta a permitam mudar rapidamente o foco, de forma a adaptar-se. Jeff Bezos construiu um autêntico império com a Amazon.

Em Resumo…

✓ A Amazon é uma das poucas empresas avaliadas em mais de 1 trilhão de Dólares.

✓ Analistas esperam valorização das ações ao longo dos próximos meses.

✓ A Amazon está presente em quase todos os setores de atividade através das suas subsidiárias, o que a torna menos exposta a choques, já que tem um portfólio diversificado.

✓ O novo Coronavírus está impactando positivamente na avaliação da empresa, que acelerou o seu negócio de retalho devido à maior dependência do online.

Autor
Lucas Lynch
Lucas Lynch

Lucas é um apaixonado pelos mercados financeiros desde que se lembra. Mas a crise de 2008 ajudou-o a perceber como eles podem ser implacáveis para quem não tem um portfólio diversificado. Por isso se forçou para aprender sobre novos mercado. É particularmente fã de Tecnologia e da forma como ela está mudando os investimentos.

Dúvidas Frequentes

📌 Como investir em ações Amazon?

Pode investir em ações numa corretora como a eToro, que disponibiliza as opções mais procuradas de investimento - Ações, ETFs, Forex e Criptomoedas, entre outras. Um ponto forte na compra de Ações é que oferece uma política de 0% comissões, o que a diferencia de outras corretoras no mercado.

📌 As ações Amazon vão valorizar?

A tendência para a Amazon é bastante positiva e os analistas estão a prever que a empresa ainda vá continuar a valorizar nos próximos meses, na sequência do seu desempenho durante a crise da Convid-19.

📌 Quanto vale a Amazon?

A Amazon é uma das poucas empresas avaliadas em mais de 1 trilhão de Dólares.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *