Coronavírus: 3 Formas de Ganhar nos Mercados Financeiros

Coronavírus: 3 Formas de Ganhar nos Mercados Financeiros

O ano de 2020 tem sido marcado pelo novo Coronavírus.

A epidemia, que começou em território chinês, já provocou milhares de mortes e não parece mostrar sinais de abrandamento.

Depois da China, país onde provocou o maior número de vítimas mortais, o Coronavírus, também conhecido como Covid-19, encontrou os principais focos de propagação na Coreia do Sul, na Itália e no Irã.

À medida que o número de afetados cresce, a dimensão do problema torna-se cada vez mais global, sendo a saúde pública apenas uma parte – embora a mais relevante – do problema.

Coronavírus China
Coronavírus começou na China mas já se alastrou a todo o mundo.

A OCDE já cortou para praticamente metade a sua previsão de crescimento global para este ano.

De um aumento de 2,9% previsto antes do surto, a organização espera agora um avanço de apenas 1,5% na Economia global, devido ao impacto do Coronavírus.

Efeitos práticos?

De acordo com a Reuters, desde o início do surto, as bolsas mundiais já perderam cerca de US$ 3 biliões, algo que fica bem visível se olharmos para o impacto no índice S&P500, que em 2019 tinha crescido 29%.

Coronavírus S&P500
S&P500 sofreu em apenas 6 sessões a maior queda de que há registo. Fonte: CNN

Entre as indústrias mais afetadas estão as ligadas ao Turismo, nomeadamente companhias de aviação e cadeias de hotéis, mas milhares de empresas estão a ser também impactadas com a parada da China.

Afinal, não é por acaso que o país é conhecido como a “Fábrica do Mundo”. Negócios em todo o planeta dependem de componentes vindos da China, e muitas empresas estão, por isso, a sendo indiretamente afetadas, cenário que deverá apenas agravar em um futuro próximo.

Com o Coronavírus derretendo diariamente milhões de dólares nas bolsas mundiais, olhamos para 3 formas de ganhar dinheiro nos mercados financeiros.

Fique atento pois algumas dessas dicas são úteis não apenas agora, mas também em qualquer período de retração do mercado.

1. Investir em Bitcoin

Quando se fala em investimentos seguros, qual é o primeiro que lhe vem à cabeça?

Se pensou em ouro, então pensou na resposta mais comum.

Não é por acaso que o ouro valorizou cerca de 8% nos primeiros dois meses do ano.

Coronavírus ouro covid-19
O ouro tem valorizado durante a epidemia do Coronavírus.

Por norma, o ouro é visto como o mais seguro ativo de refúgio, que tende a manter o seu valor em alturas de crise.

Ser detentor de ouro em alturas como esta é sempre positivo.

Por outras palavras:

  • Se já o tem, melhor: já está valorizando;
  • Se vai comprá-lo, impossível dizer que é uma opção ruim, embora possa já estar comprando por um preço elevado.

Pois repare na evolução do preço de uma onça de ouro:

Coronavírus Ouro
Evolução do preço do ouro nos últimos 20 anos. Fonte: GoldPrice

Embora haja margem para valorizações, o ouro já está próximo do seu valor mais alto da história, alcançado no pós-crise de 2008.

Agora para algo completamente diferente:

Se lhe pedirmos para pensar em ativo volátil, talvez pense em criptomoedas, certo?

As criptomoedas são habitualmente vistas como o oposto do ouro devido a sua volatilidade. Elas facilmente alcançam grandes valorizações e desvalorizações.

Bitcoin

✓ Principal Criptomoeda
✓ Subiu 20% até fevereiro
✓ Halving em 2020

Então: o que traz as criptomoedas a essa lista?

Enquanto as principais bolsas mundiais perdiam bilhões de reais, o Bitcoin seguia estável no começo do alado, como mostra o seu indicie de volatilidade.

Bitcoin Volatilidade
Volatilidade do Bitcoin. Fonte: BitPremier

No entanto, a principal criptomoeda acabou mesmo por cair. O Bitcoin perdeu quase metade do seu valor, aproximando-se dos US$ 4.000.

Vale a pena lembrar que o valor do Bitcoin está agora muito longe do seu máximo histórico – perto de US$ 20.000.

valor do Bitcoin
Evolução do valor do Bitcoin. Fonte: CoinMarketCap

Depois de ter ultrapassado os US$ 10.000 ainda em 2020, em pouco mais de uma semana o Bitcoin desceu ao valor mais baixo em quase um ano.

Ora, o que é que isto significa?

O Bitcoin está desvalorizado e, para quem quer investir, esta pode ser uma boa oportunidade para entrar no mercado a um preço mais baixo.

Muitos investidores fazem dinheiro precisamente dessa forma – vendem em períodos em que a criptomoeda está mais valorizada para depois comprar quando o preço desde.

Além disso, uma vez que 2020 é ano de halving do Bitcoin, muitos analistas acreditam que o valor da criptomoeda pode voltar a subir.

2. Negociar com CFDs

Uma forma cada vez mais popular de investir em criptomoedas, ou outros ativos, como ouro ou ações, é através de CFDs.

CFD é a abreviação para a expressão em inglês “Contract for Difference”. 

Resumindo…

CFDs são instrumentos muito úteis para quem quer lucrar quer com a subida, quer com a descida do mercado das criptomoedas.

Ou seja:

Com esse tipo de instrumento, você não está dependente de apenas uma direção do mercado para lucrar.

Imagine que quer investir em Bitcoin:

  • Se o preço do Bitcoin subir dos US$ 8.000 para US$ 10.000, você pode lucrar com isso;
  • Se o preço do Bitcoin descer dos US$ 10.000 para US$ 8.000, você também pode lucrar com isso.

Dessa forma, em vez de ficar apenas dependente do aumento do preço para conseguir lucrar, você pode antecipar a queda do preço de qualquer ativo e lucrar com isso.

Isso é especialmente útil em alturas em que o mercado está caindo.

Assim, em vez de ficar parado à espera de dias melhores, pode continuar a negociar, prevendo os movimentos de mercado e ganhando com isso.

Duas plataformas recomendadas que disponibilizam a negociação com CFDs são a IQ Option e a eToro.

Em um período como este, em que já existiram vários dias de retração, você pode, assim, investir nos mercados financeiros mesmo se achar que vão continuar caindo.

3. Comprar Ações Durante a Epidemia do Coronavírus

Parece um contrassenso, mas sim, pode ser uma boa opção.

O mercado das ações está caindo, isso é certo, mas vale a pena lembrar o ditado:

“Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe.”

Nos mercados financeiros, um período de queda é sempre uma oportunidade para comprar a preço baixo.

Imagine que há muito que queria investir em ações da Tesla.

O preço tem estado há largos meses em uma trajetória ascendente.

Mas agora, repare no movimento nos últimos dias de fevereiro:

Tesla Preço Ações
Evolução do preço das ações da Tesla no final de fevereiro. Fonte: Nasdaq

Um período de retração do mercado é uma boa altura para investir, pois pode ser encarado como uma época de saldos para ativos tipicamente mais caros.

Dessa forma, uma vez que o mercado volte a subir você poderá se beneficiar dessa valorização, tendo investido a um preço mais baixo.

No entanto tenha atenção:

Tudo isso depende do seu momento de entrada no mercado, sendo que não há a garantia de que o valor das ações que vai comprar não volte a cair ainda mais.

Isso é ainda mais importante em um período em que se vive uma epidemia como a do Coronavírus, cujas consequências são ainda imprevisíveis.

Seja para esse ou qualquer outro ponto dessa lista, vale sempre a pena lembrar que os mercados financeiros são incertos.

Embora possa ganhar com algumas dessas estratégias, os lucros nunca são garantidos.

Se tem dúvidas e se quer testar as suas habilidade de negociação antes de utilizar dinheiro real, pode fazê-lo com uma Conta de Demonstração.

etoro Conta Demo Grátis
Conta Demo permite aprender sem risco antes de investir a valer.

A eToro disponibiliza uma Conta Demo Grátis com US$ 100.000 fictícios para treinar investimentos em qualquer um dos ativos abordados neste artigo, sem qualquer tipo de risco.

Autor
Lucas Lynch
Lucas Lynch

Lucas é um apaixonado pelos mercados financeiros desde que se lembra. Mas a crise de 2008 ajudou-o a perceber como eles podem ser implacáveis para quem não tem um portfólio diversificado. Por isso se forçou para aprender sobre novos mercado. É particularmente fã de Tecnologia e da forma como ela está mudando os investimentos.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *