Price Action – Como Analisar o Preço? Guia Para Iniciantes

Price Action – Como Analisar o Preço? Guia Para Iniciantes

Price Action, ou traduzindo, a Ação do Preço, é literalmente a leitura de como o preço se movimenta e se comporta nos gráficos. Essa leitura permite aos traders encontrarem ótimas oportunidades de negociação, no melhor momento.

O Price Action não é uma técnica nova, tendo o pé lá no mercado de arroz por volta de 1700 no Japão, com o trader Munehisa Homma, que é considerado o inventor dos Candlesticks, os gráficos de velas.

De lá para cá os gráficos evoluíram muito, e a arte do Price Action se tornou mais acurada, saindo das formações de Candle até os Padrões Gráficos, assim posteriormente surgindo o sofisticado Naked Trading.

1. O Que É Price Action?

A Ação do Preço consiste em ler e entender o que as velas de preço significam.

Uma vez compreendendo o que a vela ou o conjunto de velas significa, você está entendendo o movimento do preço e poderá projetar os próximos movimentos com a probabilidade do seu lado.

As velas, ou candlesticks, fornecem 4 informações importantes:

  • Abertura
  • Fechamento
  • Máxima de Preço em determinado período de tempo
  • Mínima do Preço em determinado período de tempo

Com essas 4 informações em mãos você consegue entender como os players do mercado estão atuando, quem ganhou força e qual pode ser o movimento futuro do preço.

gráfico mostrando a mecânica básica do comportamento das velas
Mecânica básica das velas.

Dessa forma, é possível negociar inteiramente sem indicadores, o chamado Naked Trading. A grande vantagem é que o preço e o volume não mentem – são causais, ou seja, apresentam uma causa.

Todos os indicadores conhecidos do mercado se baseiam em média de períodos passados, trazendo atraso para a leitura do gráfico, perdendo o momentum do mercado.

O Price Action evita esse ruído, trabalhando apenas com o preço e volume.

2. Como Se Forma o Preço?

O mercado só tem uma regra: oferta e demanda.

Sabendo disso, podemos concluir que o mercado é uma briga entre compradores e vendedores, atuando ambos na oferta e na demanda.

  • Oferta – São todas as ofertas de compra ou de venda que estão passivas no mercado, esperando alguém para fechar negócio com eles. As ofertas não movem o preço, afinal, elas estão passivas no book de ofertas. Nas corretoras e plataformas são popularmente chamadas de Ordem Limite.
  • Demanda – São todos os players, compradores ou vendedores, que precisam fechar um negócio ou executar uma operação. Esses são conhecidos como ativos, mas também são chamados de agressores. Ativos ou agressores são aqueles que enviam uma ordem à mercado executando todos os que estiverem no livro de ofertas até que o tamanho da sua ordem seja preenchida.

Por Exemplo:

Se o preço atual do Bitcoin estiver em US$ 49.000, no livro de ofertas os primeiros da fila estão esperando serem executados com 0,5 BTCs cada um, o primeiro a US$ 50.000 e o segundo a US$ 51.000.

Um comprador entra agredindo o mercado com 1 Bitcoin. A ordem à mercado executa todos da fila até que a ordem do agressor seja preenchida, dessa forma o preço vai movimentar de 50K até 51K para satisfazer a demanda do comprador. Negócio fechado. O preço se moveu US$ 2.000.

2.1 Como Funcionam os Candles?

Agora que sabemos que apenas quem move o mercado são os players ativos, ou seja, quem entra à mercado, sabemos também que os candles só começam a mover e serem desenhados em seus formatos quando os agressores entram no mercado, para fechar negócio com quem está na ponta da oferta.

É exatamente por isso que o desenho dos candles diz tudo!

A forma como uma vela se parece é a leitura de quem está forte no mercado – se são os compradores ou os vendedores, se há muita defesa de preço ou se há baixa liquidez.

Velas muito grandes indicam força, enquanto velas com longos pavios mostram um mercado disputado, e é agora que eu vou te mostrar como você usa isso ao seu favor no mercado.

3. Tendência, Suporte e Resistência

3.1 Tendência de Preço

A palavra tendência pelo dicionário é bem cética: remete à disposição natural; inclinação, vocação, probabilidade.

Existe essa “pré-disposição” direcional do preço e isso é identificado pelo Price Action. A tendência, em suma, é quando o preço se move para cima sempre rompendo suas máximas, e deixando mínimas maiores que as anteriores.

Quando falamos em máximas mais altas e mínimas mais altas que as anteriores, estamos falando de Price Action. Nesse caso, como o preço atuou para manter o preço em uma tendência direcional saudável, sem perder seus fundos, sempre ganhando topos, ou o contrário no caso de tendência de baixa.

gráfico mostrando uma tendência de alta
Tendência de alta em QQQ Nasdaq Trust por TradingView.

Acima você pode ver a imagem de exemplo, enquanto o preço não rompeu os fundos anteriores, a tendência se manteve. Quando os fundos foram violados, a Nasdaq (INDEXNASDAQ: .IXIC) passou a cair em movimento de correção.

A moral da história aqui é que pontos determinados por tendência, quando rompidos, mostram força da demanda e a perda do lado defensor. Note como após o rompimento o mercado da Nasdaq fica muito mais errático.

3.2 Suporte e Resistência Influenciam o Preço?

Regiões de suporte e resistência influenciam o preço psicologicamente e empiricamente.

Essas são regiões onde os players perderam força no passado ou houve grande defesa do outro lado, além de ser região psicológica para saída/entrada de grande parte das estratégias de traders, fundos, mesas, bancos e robôs.


Um preço não passa de um ponto psicológico por dois motivos:

  • Existe falta de interesse por parte da demanda em empurrar o preço além do nível psicológico, e na outra ponta, passa a haver maior interesse na oferta desse ativo. O balanço de oferta e demanda pesa para o lado da oferta e o preço tende a se deslocar para o lado contrário;
  • Existem players defendendo a região. Nesse caso, pode até haver demanda em cima do nível psicológico, mas na outra ponta existe uma maior quantidade de ofertantes passivos absorvendo toda a agressividade da demanda. Quando o lado da demanda perde força, ou o interesse em tentar romper, usualmente os players da defesa entram deslocando o preço para o lado contrário.

Quando o preço rompe a região de suporte ou de resistência, esse ponto passa a ser uma região de defesa contrária, ou seja, se antes era um suporte, agora passa a ser uma resistência, e vice-versa.

price action - gráfico mostrando um falso rompimento
O mercado ensaia falso rompimento da Linha de Suporte, sem se deslocar muito, retorna com fortes candles compradores, demonstrando que a defesa superou a demanda do rompimento.

É normal observarmos falsos rompimentos, eles acontecem quando a demanda se mostra muito agressiva e sobrepõe as defesas da oferta, até o ponto onde a demanda encontra exaustão, e aí entram os players da defesa em um mercado de baixa liquidez, fazendo preço rapidamente voltar abaixo da região marcada.

price action - gráfico mostrando briga entre compradores e vendedores
Uma situação onde após o rompimento da resistência o preço rapidamente voltou para a Linha de Resistência, porem, houve uma “briga” entre compradores e vendedores pelo controle do mercado.

Para entendermos conceitos de exaustão, vamos precisar olhar a fundo os candles e como eles são impressos no gráfico conforme o preço se movimenta, e principalmente como eles agem.

4. Padrões de Candles

A relação entre players comprando e vendendo formam os padrões de velas que são parte fundamental do Price Action.

A leitura consiste em entender como os players se comportaram em uma região de interesse ou de volume.

Atenção!

É muito importante você se ater a negociar padrões de candle somente em regiões de interesse, sejam elas suportes ou resistências. Você pode passar a enxergar esses padrões e tempo todo, mas definitivamente não é uma boa ideia negocia-los no meio de uma tendência ou de um movimento indefinido.

4.1 Que Padrões Existem?

Existem incontáveis padrões com muitos nomes diferentes, mas aqui vamos focar nos mais conhecidos e confiáveis.

Se você tiver curiosidade e quer saber, recomendo acessar o Candlesticker e verificar a probabilidade e confiabilidade desses padrões.

Hammer (Martelo)

O Martelo é uma vela com uma sombra inferior longa e deve ser esperado no fundo de uma tendência, ou em um suporte, onde a sombra tem pelo menos o dobro do tamanho do corpo.

O martelo mostra que, embora a pressão de venda tenha sido alta, os compradores retomaram o preço. Um martelo pode ser vermelho ou verde, mas martelos verdes podem indicar uma reação de alta mais forte.

gráfico mostrando um candle de hammer
Martelo no suporte de US$1394,60 no Ethereum/Dólar Americano dia 28/02/2021.

Inverted Hammer (Martelo Invertido)

Também chamado de martelo inverso, é como o martelo, mas com uma sombra longa acima do corpo e não abaixo. Semelhante a um martelo, a sombra superior deve ter pelo menos o dobro do tamanho do corpo da vela. 

O martelo invertido ocorre na parte inferior de uma tendência de baixa e pode indicar uma potencial reversão de alta. A sombra superior mostra que o preço interrompeu seu contínuo movimento descendente, mesmo que os vendedores tenham conseguido reduzi-lo. Ou seja, o martelo invertido pode sugerir que, em breve, os compradores possam retomar o controle do mercado.

gráfico mostrando um candle de inverted hammer
Martelo invertido no suporte de 110.640 no gráfico do Ibovespa 1D dia 01/03/2021.

Harami (Mulher grávida)

Do Japonês, o Harami é uma longa vela vermelha seguida por uma pequena vela verde que está totalmente contida no corpo da vela anterior.

Popularmente conhecido como “mulher grávida”, pode se apresentar em dois ou mais dias e é um padrão que indica que o momento de venda está diminuindo e pode estar chegando ao fim.

gráfico mostrando padrão harami
Harami de alta no suporte de 21,40 no gráfico da PETR4 dias 8 e 9 de março de 2021.

Fique Esperto!

O padrão Harami atua tanto para alta quanto para a baixa, isso quer dizer que pode ser observado em um suporte ou em uma resistência sinalizando enfraquecimento da tendência vigente.

Shooting Star (Estrela Cadente)

A Estrela Cadente é uma vela com longa sombra superior, pouca ou nenhuma sombra inferior e um corpo pequeno, idealmente próximo ao ponto mais baixo da vela. A estrela cadente tem uma forma semelhante ao martelo invertido, mas é formada no final de uma tendência de alta ou em uma resistência importante.

Isso indica que o mercado atingiu uma alta, mas os vendedores tomaram o controle e reduziram o preço. Clara situação de defesa dos players vendedores, que também se referem à esse tipo de movimento como rejeição de alta.

gráfico mostrando o padrão shooting star
Estrela cadente em resistência de 1,21615 no par EUR/USD dia 25/02/2021.

Hanging Man (Homem em Pé ou Homem Enforcado)

Padrão muito popular no mercado Brasileiro é equivalente ao Martelo, mas nesse caso representa exaustão. Geralmente se forma no final de uma tendência de alta ou em uma resistência com uma vela de pequeno corpo e sombra inferior pelo menos duas vezes maior. 

A sombra inferior indica que houve uma grande liquidação, mas os compradores conseguiram retomar o controle e elevar o preço. Tendo isso em mente, após uma tendência de alta prolongada, a liquidação pode atuar como um aviso de que os compradores, em breve, poderão perder o controle do mercado.

gráfico mostrando o padrão Hanging Man
Gráfico Hong Kong 50 demonstrando perda de controle comprador na resistência de 28.715 dia 30/03/2021.

Engulf (Engolfo)

O Engolfo é um padrão que parece o Harami, mas dessa vez a vela menor é que antecede o candle de força. Pode ser visto em fins de tendência de alta ou de baixa, no fim da tendência ou em um suporte ou resistência.

A leitura por trás desse movimento é que o mercado vêm perdendo força e agora finalmente algum dos lados ganha o controle do outro com um candle de força. Assim como o harami pode se apresentar em dois ou mais dias.

gráfico mostrando padrão engulf
Harami de alta em fundo de onda e suporte na ação Airbnb dias 04 e 05 de janeiro de 2021.

Não Seja Pego no Erro!

Lembre-se que esses padrões sozinhos não trazem certeza de reversão. Para aumentar a validade do padrão busque encontrá-los nas regiões de interesse, sendo elas suporte e resistências ou regiões de volume e espere um sinal claro para validar o padrão. Se você preferir pode usar um indicador para validar a decisão.

Toda essa orquestra de padrões de candles corroboram para você entender melhor os padrões de gráfico, o qual são o conjunto de candles formando um grande desenho, onde não só os conceitos de oferta e demanda são postos a prova, mas também os padrões de candles são ótimos gatilhos.

5. O Que São Padrões Gráficos?

Agora que já entendemos como os candles funcionam e como eles podem traduzir o sentimento do mercado, vamos passar para a fase avançada, onde vamos olhar para um grande número de candles e o que eles representam.

Se antes vimos que um candle pode representar a exaustão de um movimento, agora você vai saber como ler a exaustão de uma tendência, ou a continuação dela.

5.1 Quais os Padrões Mais Populares?

A parte divertida é que nos baseamos em desenhos gráficos que por muitos anos são objetos de estudo.

Separamos apenas os movimentos mais confiáveis e comuns, a Bandeira, Topos e Fundos Duplos e o Ombro, Cabeça, Ombro.

Bandeira

A bandeira é um padrão de continuação que consiste em dois movimentos, um movimento de impulso e um movimento de correção. Dois requisitos têm que ser preenchidos aqui:

  • A onda de impulso (o mastro) deve ser firme, sem retrações fortes;
  • A retração que acontece após o topo (a bandeira) não deve ser muito volátil, e sim disputada.
Gráfico mostrando padrão bandeira
Bandeira de alta em formação no gráfico do BTC/USD em março de 2021

Quando esses dois fatores se juntam, significa que o preço vinha em uma tendência firme, até encontrar resistência vendedora, o preço vai caindo lentamente, alternando entre pequenas ondas de alta e de baixa, representando uma disputa pelo controle do mercado. A presença dos compradores nesse movimento é fundamental.

Ao romper o topo da bandeira, o preço projeta o tamanho do mastro para cima a partir do rompimento.


Tome Nota!

Busque padrão de bandeira apenas em tendências confirmadas!

O movimento do rompimento que valida o padrão deve replicar o tamanho do mastro. O que invalida o padrão é o mesmo sinal de rompimento acontecer para o lado contrário. Por isso é melhor você procurar entrar no mercado após a confirmação, afinal, você ainda tem o mastro todo pela frente.

Topos ou Fundos Duplos

Os Topos/Fundos duplos só aparecerem no fim de uma tendência, pois eles definitivamente sinalizam reversão. O topo duplo só pode ser encontrado no fim de uma tendência de alta. Já o fundo duplo só pode ser visto no fim de uma tendência de baixa.

O topo duplo deve se parecer com um “M” e o fundo duplo deve parecer um “W”. O rompimento da mínima deixada pela primeira correção é o gatilho de entrada. O alvo é sempre a distância entre o fim do movimento e o rompimento.

Price Action - Topos ou Fundos Duplos

Imagine o preço vindo de uma tendência saudável, até encontrar grande resistência vendedora.

A primeira retração pode parecer uma retração normal da tendência. Porém no segundo teste do topo, os compradores falham no rompimento novamente, e esse vira o ponto ideal para grandes players vendedores montarem posições. Você consegue identificar um topo duplo após a segunda retração sem passar do mesmo topo, e no caso do topo duplo você deve enxergar o M.

Aqueles que não acharam confiável o rompimento do fundo, podem aguardar o reteste na região do gatilho. Esse reteste nem sempre acontece, mas quando acontece é batata. É a melhor entrada com melhor RxR (Risco x Recompensa):


O Price Action por trás desse movimento sugere que os compradores perderam força contra os vendedores ao atingirem o primeiro topo. Assim que os vendedores tomam o controle do mercado, a primeira retração se forma rapidamente por conta dos stops sendo executados, da realização de quem puxou a tendência de alta até então e de quem está montando posição de venda na região.

A saída do smart money (dinheiro inteligente) cessa, e rapidamente os touros retomam controle do mercado, porém dessa vez o preço sobe sem grande volume, com baixa liquidez, ou por dumb money (dinheiro burro).

Quando o lado da compra chega no topo (se chegar), os players que já estavam defendendo a posição anteriormente, e os que já realizaram e agora tem interesse em montar posição de venda, conseguem mover o preço com maior facilidade, pela falta de liquidez e amparo da compra institucional.

Topos ou fundos duplos sempre vão aparecer no fim da tendência, pois são um padrão de enfraquecimento do movimento e precedem a reversão da tendência.

Ombro, Cabeça e Ombro (OCO)

O padrão de Ombros e Cabeça, também popular “OCO”, é provavelmente o padrão menos comum de se ver nos mercados, pois é uma estrutura complexa em sua formação e requer um mercado aquecido: representa a disputa entre compradores e vendedores.

Esse também é um padrão de reversão, e ele pode ser encontrado tanto em uma tendência de alta, como em uma tendência de baixa. No caso da tendência de baixa o padrão fica de cabeça para baixo e é chamado de Ombros e Cabeça Invertido.

Gráfico mostrando o padrão Ombros e Cabeça invertido

A estrutura desse padrão é de três ondas completas, com impulso e retração.

A primeira onda de impulso é o ombro esquerdo, e o fundo da retração será importante para definir a famosa Neckline ou Linha de Pescoço. A segunda onda de impulso, representa a cabeça pois ela rompe o topo anterior (ombro esquerdo), porém retrai até a linha de pescoço sem perder esse suporte.

Nesse momento você começa a entender que sim, pode estar formando um padrão OCO, mas você ainda precisa do ombro direito. O ombro direito normalmente é igual ao esquerdo, tanto em tempo quanto em altura do topo, mas isso pode variar.

O padrão valida com o rompimento da linha de pescoço após a formação do ombro direito. O alvo desse padrão é a distância da cabeça e da neckline a partir do rompimento.

Gráfico mostrando exemplo de OCO
Exemplo de OCO em ITSA4 entre Dezembro e Janeiro de 2020 e 2021.

O Price Action por trás desse movimento é a representação de uma briga pelo controle do mercado, que nesse caso será tomado pelos vendedores.

O preço vem em tendência de alta e performa um novo topo, encontrando resistência vendedora e sofrendo correção de preços. Até aqui temos uma tendência normal.

Os compradores voltam a atuar no suporte formado pela Neckline, como consequência a demanda acaba empurrando o preço acima do topo anterior, mas ao encontrar nova resistência os vendedores se mostram mais fortes e derrubam o preço até o mesmo fundo anterior.

Nesse momento você pode especular que um padrão de OCO está se formando, mas ainda falta o outro ombro para confirmar.

Aqui está o pulo do gato no Price Action, se agora os compradores se mostrarem mais fortes e buscarem o topo anterior, temos o padrão invalidado, pois ainda há interesse de compra nessa região. A ausência dos compradores é o que você precisa identificar para esse padrão.

Se o mercado sobe com baixo volume e existe muita liquidez vendedora, pode se estimar que o mercado comprador está exausto. Quando os players da venda identificam a exaustão, os vendedores assumem controle total do mercado e derrubam o preço com facilidade pela falta de demanda e liquidez. Dessa vez o suporte não pode segurar.


Toda a lógica por trás da movimentação do preço é a briga da oferta e da demanda do mercado. Se apenas com isso você já começa a entender o mercado, será que precisa de indicadores?

É daí que surge o Naked Trading.

6. Naked Trading

O Naked Trading surge com os traders que não confiam nos sinais dados pelos indicadores, pois eles podem lhe dar sinais ruins ou provocar ruídos na tomada de decisão. Alguns afirmam que as únicas informações que não mentem é o preço e o volume.

A psicologia por trás dessa estratégia foi descrita nesse artigo: o preço oferece um sinal e o sentimento dos compradores e vendedores confirmam a premissa.

Nesse formato o volume é um importante fator para quando você tem um sinal. Afinal, se não há volume naquela negociação quer dizer que esse pode ser um sinal falso, pois há baixo interesse em efetuar o movimento que o sinal está mostrando.

Price Action e Naked Trading
Momento de incerteza no BTCUSD na máxima de abril.

Mais para à esquerda podemos ver o mercado vindo de um momento de muita negociação, alto volume. Aos testar a resistência de US$ 41.000, o mercado furou a região com um volume formidável, indicado que entraram muitos compradores no mercado, e que esse fluxo de volume deve atrair ainda mais investidores.

Em contrapartida, as tentativas frustradas de romper os US$ 60.000 ocorreram pelo baixo interesse dos players em mover o preço para cima. Vemos pouquíssimo volume nas negociações nesse período.

E aí, você compraria nesse topo?

Se você respondeu que compraria em um rompimento com alto volume você captou a mensagem desse artigo.

Causalidade

A causalidade é o que os adeptos ao Naked Trading procuram, é na causa do movimento que eles vão atuar.

7. Conclusão

Depois de ler todo esse artigo não devem lhe restar dúvidas que sim, a análise técnica funciona, e não é a toa que ela é amplamente usada no mundo todo há tempos.

Esperar por uma confirmação do volume é sim uma ótima ideia, e observar o interesse dos players no mercado.

Outra dica é definir o seu Risco x Retorno e sempre seguir seu plano a risca. Realizar o lucro e o prejuízo sempre que chegar nos pontos de Stop Loss e Take Profit determinados.

Aguardar os melhores momentos para entrar no mercado e sem afobação, deixar o mercado andar.

Para ganhar prática com esses e outros conceitos, pode experimentar a IQ Option, que oferece uma conta de demonstração grátis e que permite treinar antes mesmo de utilizar dinheiro real.

Autor
Gabriel Fauth
Gabriel Fauth

Gabriel Fauth é Top Trader e Gerente de Crescimento no TradingView. Atua no mercado financeiro há mais de 5 anos, depois de começar a operar com criptomoedas ainda em 2015. Já negociou Forex e mercado de derivativos no Brasil, mas hoje é principalmente holder de criptomoedas. Escreve para o Criptofy sobre análise técnica.

Dúvidas Frequentes

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *