Como Entender um Gráfico de Preço?

Ser trader de criptomoedas implica saber ler o comportamento do mercado para lucrar com os seus movimentos.

Na base disso está uma boa gestão de risco e frieza emocional, para que consiga tomar as melhores decisões quando faz análise técnica.

E uma ferramenta essencial da análise técnica são precisamente os gráficos de preço.

1. O Que é um Gráfico de Preço da Bitcoin?

Na sua essência esses gráficos de preço refletem todo o desenrolar das movimentações do preço do Bitcoin ou de qualquer outra criptomoeda.

Um gráfico de preço conta uma história de tudo o que aconteceu até o ponto em que o estamos observando.

Se você nunca viu um desses gráficos, entender o que está se passando pode ser desafiador, mas estamos aqui para lhe ajudar com isso!

 Bitcoin num Candlestick Chart
Evolução do preço da Bitcoin num Candlestick Chart, ou gráfico de velas.

Esse gráfico é um exemplo simples que mostra a evolução do preço do Bitcoin desde 2012:

  • Na parte de baixo da imagem você tem a informação sobre a data;
  • Na barra lateral direita tem os valores em Dólares (USD) correspondentes a cada período temporal.

Os gráficos apresentados nesse artigo podem ser consultados no TradingView, um dos sites que sugerimos para acompanhar a evolução do preço do Bitcoin e de outras criptomoedas.

2. Por que Um Gráfico de Preço?

A vantagem dessa ferramenta é que lhe permite analisar e descobrir padrões e estruturas no comportamento do preço da Bitcoin e de outras criptomoedas que queira analisar.

Identificando esses padrões e estruturas você pode tentar antecipar um movimento do preço e com isso se aproveitar dessa previsão para ter lucro.

Um bom trader é aquele que consegue fazer isso com consistência durante um longo período de tempo.

3. O Que São as Candles?

O tipo de gráfico de preço mais comum é o candlestick chart.

Como mostra a imagem anterior, o preço é ilustrado por candles (velas) e não por uma linha simples como é costume em sites como o CoinMarketCap.

Isso dá uma maior profundidade a nossa análise porque o próprio formato e a cor das candles pode nos dar pistas sobre o próximo movimento do preço.

Gráfico de Preço Candlestick
Estrutura de funcionamento das candles.

Elas são formadas por duas componentes: corpo e sombra.

O corpo é o retângulo principal, que pode ter duas cores:

  • Verde se indicar uma subida no preço;
  • Vermelho se indicar uma descida no preço.

A sombra é o traço que existe acima e abaixo de todas (ou quase todas) as candles. Indica o valor máximo e mínimo que o preço atingiu durante o período de tempo em que essa candle foi formada.

4. Períodos de Tempo – Timeframes

Um conceito muito importante que muitas vezes gera confusão é o de timeframes.

O primeiro gráfico de preço do Bitcoin que mostramos estava configurado para mostrar as movimentações de preço em um timeframe semanal. Ou seja, cada candle corresponde a uma semana.

Se olharmos para o mesmo gráfico com um timeframe diário, embora o panorama geral seja semelhante, ficamos com uma visão mais detalhada.

gráfico de preço diário da Bitcoin
Representação gráfica da evolução diária do preço da Bitcoin em 2019.

A razão pela qual o gráfico de preço diário (1D) nos parece mais detalhado do que o semanal (1W) é muito simples: cada candle do gráfico de preço semanal é dividida em 7 quando passamos para o gráfico diário.

Isso porque cada semana tem 7 dias. Logo, há muito mais informação.

Existem vários timeframes: 1W, 1D, 12H, 6H, 4H, 2H, 1H, 30M, 15M ou 5M, tendo cada um as suas vantagens:

  • Os timeframes maiores (1W e 1D) dão uma visão mais global do mercado e do preço. Permitem ter uma noção a longo prazo de tudo o que já aconteceu e que pode vir a acontecer futuramente;
  • Os timeframes menores (1H, 30M, etc.) mostram os detalhes do comportamento do preço. É como se fizéssemos zoom para ver a curto prazo os pormenores todos de como o preço chegou de um ponto ao outro.

Se você estiver iniciando, comece por analisar timeframes maiores. Em timeframes menores terá muito mais fatores influenciando o preço, criando mais flutuações no gráfico. Isso acontece porque existe um número infinito de situações que podem influenciar o mercado a cada momento.

5. Conclusão

  • O tipo de gráfico de preço mais comum é o candlestick chart, no qual o preço é ilustrado por candles;
  • Esses gráficos refletem o sentimento do mercado por meio do preço da criptomoeda que está analisando, razão pela qual são ferramentas tão importantes em análise técnica e não só;
  • Diferentes timeframes mostram percepções distintas dessa evolução, variando entre um panorama global ou uma visão mais pormenorizada dos acontecimentos.

Além do Tradingview, que lhe permite acessar os gráficos de preço e fazer as suas análises, a maioria das plataformas de investimento também oferecem algumas dessas ferramentas.

É o caso, por exemplo, da eToro, que também apresenta gráficos de preço em formato Candlestick, como os que apresentamos nesse artigo.

gráfico de preço Bitcoin etoro
Interface da eToro para apresentação da evolução do preço da Bitcoin.

Além disso, essa plataforma oferece uma conta de demonstração gratuita para poder experimentar as técnicas que você vai aprendendo sem qualquer tipo de risco.

eToro

✓ Permite copiar outros traders
✓ 16 Criptomoedas
✓ Conta Demonstração Grátis

Uma vez que se sinta confortável o suficiente para começar a utilizar dinheiro real, a eToro abre as portas à negociação com CFDs.

Eles permitem lucrar tanto com as subidas como com as descidas do preço das criptomoedas, ao contrário de outras opções.

Autor
Marcela Lima
Marcela Lima

Marcela conheceu o Bitcoin em 2012 e ficou fascinada com a tecnologia. Desde então tem estudado o potencial das criptomoedas e a forma como podem mudar a sociedade. Hoje divide o seu tempo entre a escrita e a gestão do seu portfólio, composto majoritariamente por criptomoedas e por ações.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *