EOS (EOS) – Onde Comprar a Criptmoeda? O Que É e Como Funciona?

Sigla

EOS

Rating FCAS

S

Algoritmo

Delegated Proof-of-Stake (DPoS)

Minerável

Sim

Onde Comprar
Site

Mesmo com pouco tempo de existência, a EOS rapidamente alcançou uma posição entre as criptomoedas com maior capitalização no mercado.

Considerada uma poderosa concorrente do Ethereum, explicamos o que é essa criptomoeda, como funciona e onde pode comprá-la.

1. O Que É EOS?

O EOS é uma plataforma capaz de simular um computador na blockchain. Isso faz dela uma poderosa infraestrutura para o desenvolvimento de aplicativos descentralizados (dApps).

Dentro da sua plataforma, o token EOS funciona como um combustível para todas as transações.

É importante notar que as transações dessa moeda não são necessariamente sinônimo de troca de valor, como acontece no Bitcoin.

Embora possam ser usadas para isso, o seu grande objetivo é a compra de recursos para execução de algoritmos chamados de smart contracts. Nesse sentido, ela é parecida com o Ethereum, sendo uma concorrente.

EOS Criptomoeda

Os dApps da EOS usam a memória RAM, CPU e redes compartilhadas no sistema para serem processados. Esses recursos podem ser comprados dentro da plataforma. 

Entre os dApps mais populares encontramos aplicativos com diversos propósitos, como jogos, redes sociais e exchanges de criptomoedas.

Desenvolvido por uma empresa chamada block.one, a primeira versão da EOS foi lançada em setembro de 2017. Inicialmente era uma criptomoeda que funcionava a partir do Ethereum, um token ERC20.

Daniel Larimer, presidente de tecnologia da block.one, é o fundador de algumas plataformas blockchain bastante populares:

  • Steemit: parecido com o Medium, mas que retribui criptomoedas aos utilizadores de acordo com a qualidade do conteúdo que publicam;
  • BitShares: uma exchange descentralizada.

A ICO – Initial Coin Offering – da EOS foi finalizada em junho de 2018, arrecadando US$ 4 bilhões. Com isso, atingiu o recorde de ICO mais bem-sucedida, patamar que mantém até hoje.

2. Como Funciona EOS?

Como já foi dito, essa plataforma é parecida com o Ethereum, que ainda é a plataforma mais popular dessa categoria de blockchains de arquitetura de software.

Mas isso pode estar prestes a mudar.

O EOS apresenta diversas vantagens que fazem com que esteja a ser usada como base para cada vez mais dApps. As conveniências apresentadas por essa plataforma chegaram mesmo a fazer com que ganhasse o apelido de “Ethereum killer”.

2.1 O que distingue a EOS

EOS versus Ethereum
  • Maior escalabilidade, permitindo transações instantâneas. A EOS pode processar milhões de transações por segundo. Atualmente o Ethereum consegue processar 15.
  • Desenvolvimento de dApps em diversas linguagens de programação muito utilizadas e dominadas (ex.: JavaScript). No Ethereum, a única opção é a linguagem Solidity, o que cria uma maior barreira de entrada a desenvolvedores.
  • Modelo diferente de governança, permitindo que os usuários votem por representantes validadores e mudanças no protocolo.
  • Taxas menores. A EOS não exige o pagamento de uma taxa, como o GAS no Ethereum, para que os dApps sejam executados pelo sistema.
  • Execuções mais eficientes graças ao processamento paralelo. Esse tipo de processamento envolve vários processadores executando a mesma atividade.

2.2 Estrutura da EOS

Os protocolos de consenso são partes fundamentais e intrínsecas a qualquer blockchain, pois garantem a segurança desses sistemas. Os mais utilizados são o Proof-of-Work (PoW) e Proof-of-Stake (PoS).

A EOS usa uma versão do PoS chamado Delegated Proof-of-Stake (DPoS), um algoritmo pelo qual os usuários elegem 21 representantes para validarem transações e votarem por mudanças no funcionamento da blockchain. Cada usuário pode votar em até 30 candidatos, mas apenas os 21 mais votados tornam-se representantes.

A votação pode ser feita a partir das carteiras (wallets) de EOS ou em páginas criadas para esse objetivo.

Votação EOS
Versão de imagem encontrada em http://nichanank.com

Apesar de, teoricamente, não existirem restrições específicas de hardware para que se candidatem, na prática é comum que os candidatos que tenham equipamentos de ponta sejam os eleitos.

Como esses são os únicos que validam as transações nessa plataforma, é esperado que consigam fazer isso de maneira eficaz e sem períodos de inatividade significantes.

Por dedicar seus equipamentos para o funcionamento da plataforma, os representantes eleitos recebem constantemente recompensas em EOS. Alguns desses representantes dividem as recompensas com os usuários que votaram neles.

Como conta com poucos, mas bons nós habilitados para realizar as validações, a EOS é capaz de confirmar milhões de transações por minuto, instantaneamente.

Ethereum Block Time Rede
Média de tempo de confirmação em segundos na rede Ethereum.

Além de melhorar a escalabilidade da rede, o DPoS permite que a própria comunidade possa adicionar melhorias e solucionar problemas da plataforma, de uma forma democrática, através da votação.

3. Valor da EOS


A EOS foi um dos projetos blockchain que mais cresceram logo após o lançamento, alcançando rapidamente o Top 10 do CoinMaketCap, onde tem se mantido de forma regular.

A EOS já alcançou um máximo histórico de US$ 22,89 em abril de 2018 e um mínimo de US$ 0,48 em outubro de 2017, pouco depois do seu lançamento e antes ainda do período de expansão acelerado do mercado.

valor do EOS
Evolução histórica do preço da EOS.

Em 2020, a EOS começou o ano em ligeira alta, mas acabou por cair à imagem do resto do mercado, na sequência da crise provocada pelo novo coronavírus nos mercados financeiros.

A infraestrutura da EOS, que possibilita transações instantâneas, tem sido imperativa para que ela mantenha uma relevância cada vez maior no mercado, já que permite uma maior funcionalidade na execução de aplicações.

Vale a pena relembrar outro ponto importante: a criação de aplicativos na EOS pode ser feita com linguagens de programação como o JavaScript, uma das mais populares e usadas pelo mundo todo em desenvolvimento de software.

Curiosidade: o criador do JavaScript também é o fundador de outra criptomoeda, o Basic Attention Token.

Atualmente a plataforma padrão para lançamento de ICO’s ainda é o Ethereum. Porém o Ethereum existe há 5 anos, enquanto a EOS tem apenas 1 ano de existência.

À medida que a EOS se consolida como principal plataforma para investimentos desse tipo, podemos esperar um futuro promissor para a moeda.

Entre fatores que podem afetar o desempenho da EOS, estão possíveis atualizações no Ethereum que possam vir a equipará-lo tecnicamente.

Existem mais plataformas com um propósito parecido que o da EOS, como o NEO, que é muito popular na China. Naturalmente, acompanhar o desempenho delas no mercado é uma boa estratégia para quem investe em EOS.

4. Onde Comprar EOS

Muitos investidores preferem a opção de CFDs porque lhes oferece a possibilidade de lucrar com as subidas e descidas do preço das criptomoedas, ao contrário de outras opções. Esse é dos poucos tipos de investimento em que isso efetivamente acontece.

Para isso você pode usar uma corretora como a eToro ou a IQ Option, onde pode fazer trading de CFDs sem ter de se preocupar em enviar as criptomoedas para uma carteira.

Se, por outro lado, os entraves técnicos não lhe desmotivam, pode optar por comprar EOS diretamente em uma exchange, como a Binance, sendo que, nesse caso, ficará mesmo na posse da criptomoeda.

5. Conclusão

Apesar de todas as virtudes, não podemos deixar de mencionar o outro lado desse projeto.

É que poucos na blockchain conseguiram ser alvo de tanta polêmica como a EOS foi.

5.1 Mais centralização ou menos centralização?

Quando proposto por Daniel Larimer, o DPoS apresentava-se como um avanço na descentralização.

Enquanto plataformas como o Ethereum restringem a tomada de decisões para a sua equipe de desenvolvimento, os únicos que podem fazer mudanças no seu funcionamento, a EOS dá esse poder para 21 usuários eleitos pela comunidade.

Alguns, no entanto, vêm esse sistema de governança como o exato oposto da descentralização, principalmente pela dinâmica das eleições: quanto mais EOS uma pessoa tem, mais poder de voto ela terá.

Esse tipo de sistema, de acordo com a crítica, feita por, inclusive, Vitalik Buterin, o fundador do Ethereum, poderia levar a um monopólio que, ultimamente, beneficiaria alguns poucos com muito poder de voto.

Isso piora quando se considera que mais de uma pessoa ou grupo pode acabar por controlar dois nós representativos.

Independente das opiniões sobre o DPoS, é inegável que esse sistema garante em uma taxa de transações vastamente superior ao dos seus concorrentes.

5.2 Problemas com a ICO?

O valor exorbitante angariado pela sua ICO levantou suspeitas.

Algumas pessoas acusaram a equipe de ter injetado o seu próprio capital para sinalizar um falso sucesso aos investidores.

Até o momento, no entanto, nenhuma dessas acusações foi provada.

A quantidade de bugs no lançamento da plataforma após a ICO também foi motivo para críticas, pois o profissionalismo da equipe de desenvolvimento não foi considerado à altura do financiamento que haviam recebido.

Um bug bounty no valor de US$ 120.000, um mês depois do lançamento da plataforma, conseguiu corrigir todos esses bugs.

Autor
Lucas Lynch
Lucas Lynch

Lucas é um apaixonado pelos mercados financeiros desde que se lembra. Mas a crise de 2008 ajudou-o a perceber como eles podem ser implacáveis para quem não tem um portfólio diversificado. Por isso se forçou para aprender sobre novos mercado. É particularmente fã de Tecnologia e da forma como ela está mudando os investimentos.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *