Clubes da Premier League vão usar Bitcoin?

Clubes da Premier League vão usar Bitcoin?

Sete clubes da Premier League, campeonato de futebol da Inglaterra que faz as delícias a milhões de fãs do desporto, estabeleceram uma parceria com a eToro, reconhecida plataforma de investimentos online. O valor do acordo será pago em Bitcoin, e armazenado em carteiras digitais. Esta última parte é particularmente importante, uma vez que implica que essas equipas serão proprietárias de Bitcoin.

A notícia oficial no site do Newcastle United, afirma que a parceria também está feita com os clubes Tottenham Hotspur, Crystal Palace, Southampton, Brighton & Hove Albion, Cardiff City e Leicester City.

harry kane bitcoin

O eToro é uma plataforma de investimentos em produtos financeiros como ações (inclusive ações de clubes de futebol), matérias-primas e mais recentemente, criptomoedas como Bitcoin e Ethereum, entre outras. Destaca-se por ser uma líder neste mercado das negociações online.

Porquê Bitcoin?

Um elemento chave desta parceria são as vantagens que as transações com esta criptomoeda podem trazer aos clubes. Uma vez que funciona com a tecnologia blockchain, estas podem ajudar a combater problemas como a contrafação de mercadoria e otimizar processos como o comércio de bilhetes.

“O clube tem um compromisso com a tecnologia e inovação.”

Fran Jones, Chefe de Parcerias do Tottenham
“O projeto vai-nos ajudar a perceber o verdadeiro potencial da tecnologia blockchain.”

Paul Barber, Chefe Executivo do Brighton

Outras fontes da eToro afirmam ainda que, caso a Bitcoin fosse utilizada nos mercados de transferências, haveria uma maior transparência do mesmo.

Casos anteriores

No dia 16 de Agosto, a UEFA Union of European Association Football anunciou que usou a blockchain para melhorar a distribuição dos bilhetes de eventos, tornando-a mais segura e simples. Um grande teste-piloto foi a final da Supertaça de Espanha jogada entre o Real Madrid e Atlético Madrid. Para esse jogo, 100% dos bilhetes foram vendidos ao público geral através de uma app para Android e iOs, construída com base em blockchain. A organização manifesta vontade de continuar a trabalhar neste projecto e implementá-lo em eventos futuros.

Também não é a primeira vez que plataformas de investimento online se envolvem com grandes clubes europeus. Algumas delas oferecem a possiblidade fazer trading com ações de algumas destas instituições desportivas.

manchester united bitcoin

Uma maior adoção

Embora a complexidade destas parcerias ainda não sejam inteiramente conhecidas, esta pistas revelam-nos um cenário favorável de adoção das criptomoedas, em casos de uso práticos como os descritos acima. Estes clubes da elite futebolística europeia, participantes da Premier League e competições da UEFA, são responsáveis por mover milhões em capital financeiro anualmente; além disto são um alvo de atenção de milhões de espectadores pelo mundo todo.

Igualmente positivo tem sido o crescimento do mercado de apostas onde é possível depositar e levantar em Bitcoin. As casas de apostas com licença portuguesa ainda não permitem esta modalidade, que já é bastante praticada em outros operadores internacionais.

Tanto o eToro como a Bitcoin serão principais beneficiárias desta maior exposição ao mercado futebolístico.

Autor
Marcela Lima
Marcela Lima

Marcela conheceu o Bitcoin em 2012 e ficou fascinada com a tecnologia. Desde então tem estudado o potencial das criptomoedas e a forma como podem mudar a sociedade. Hoje divide o seu tempo entre a escrita e a gestão do seu portfólio, composto majoritariamente por criptomoedas e por ações.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *