Warren Buffett admite que estava errado em relação a Google e Amazon

O lendário investidor americano Warren Buffett veio por várias vezes publicamente criticar o Bitcoin e o mercado das criptomoedas.

“Quem compra algo como Bitcoin não compra nada de valor ou que produza valor… Está simplesmente à espera que a próxima pessoa queira pagar mais.”

“É veneno de rato sem tirar nem pôr.”

– Warren Buffett

É provavelmente o maior nome da esfera dos investimentos que afirma ser um “bear” das criptomoedas.

Curiosamente, esta semana Warren afirmou que tomou “decisões erradas” relativamente à Google e à Amazon pois decidiu não investir nestas empresas quando elas ainda estavam nos seus primórdios.

“Tenho observado a Amazon desde o início. Acho que o que o Jeff Bezos conseguiu fazer é perto de um milagre… E quando eu acho que algo vai ser um milagre, tendo a não investir nisso.” – Warren Buffett em palavras à CNBC.

Muito conhecido pelas suas filosofias de investimento, Warren sempre aconselha apenas a investir-se naquilo que se compreende bem. Algo que sempre o desencorajou de realizar investimentos em empresas relacionadas com tecnologia, uma vez que o bilionário admite não ser o mais sagaz nesse campo.

“Obviamente teria tomado melhores decisões se tivesse mais conhecimento sobre alguns negócios” – Warren Buffett relativamente à Google e Amazon

Foi Bill Gates, quem pessoalmente indicou a Warren para utilizar o motor de pesquisa da Google em alternativa ao ultrapassado Altavista.

A história de Warren Buffett é verdadeiramente inspiradora e não há como retirar mérito ao homem que se iniciou nos investimentos em ações apenas com 11 anos. Com 16 anos já tinha conseguido amontoar o equivalente a 53$ mil dólares hoje. O seu talento e olho para o negócio tornaram-no o 3º homem mais rico do mundo segundo a Forbes.

No entanto no que toca a assuntos relacionados à tecnologia, como é o caso do Bitcoin e Blockchain, Warren parece nem sempre possuir o melhor julgamento. Numa lista da Business Insider dos factos mais impressionantes sobre a vida do investidor, deparamo-nos com o facto que o próprio prefere usar um flip phone do que um smartphone moderno e não gosta de usar um computador no seu escritório. Ao que parece apenas enviou um e-mail durante a sua vida toda.

Mais uma vez frisamos que todo o respeito que ele tem é merecido. Mesmo para quem não se interessa por investimentos, é de louvar o facto que Warren já doou 45$ biliões à caridade!

Porém no que toca à sua opinião sobre as criptomoedas, pode-se afirmar que parece haver uma falha de fundamentos e credibilidade na sua posição negativa perante o mercado.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *